Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

Dicas para a elaboração de uma entrevista

 

1.Etapas na elaboração do guião de entrevista

                                                                   Fonte:

 

1. Descrição do perfil do entrevistado (nível etário, escolaridade, nível socio-cultural, personalidade,...);

2. Selecção da população e da amostra de indivíduos a entrevistar;

3. Definição do propósito da entrevista (tema, objectivos e dimensões);

4. Estabelecimento do meio de comunicação (oral, escrito, telefone, e-mail, …), do espaço (sala, jardim, …) e do momento (manhã, duração, …);

5. Discriminação dos itens ou características para o guião;

5.1. Elaborar perguntas dos itens, de acordo com o definido nos pontos anteriores;

5.2. Considerar as expectativas do entrevistador;

5.3. Considerar as possíveis expectativas dos leitores/ouvintes;

5.4. Formular perguntas abertas (O que pensa de...?) e fechadas (Gosta de...?);

5.5. Evitar influenciar as respostas;

5.6. Apontar alternativas para eventuais fugas à pergunta;

5.7. Estabelecer o número de perguntas e proceder à sua ordenação, dentro de cada dimensão;

5.8. Adequar as perguntas ao entrevistado, seleccionando um vocabulário claro, acessível e rigoroso (sintaxe e semântica);

6. Produção do guião com boa apresentação gráfica;

6.1. Redigir o cabeçalho com identificação (instituição, proponentes, título, data)

6.2. Incluir uma apresentação sucinta da entrevista, incluindo os objectivos;

6.3. Alinhar as perguntas na vertical e com espaçamento ajustado;

6.4. Utilizar tipo de letra legível, parágrafo justificado, margens da página com 2 cm e, eventualmente, imagens à direita do texto;

7. Validação da entrevista pela análise e crítica de personalidades relevantes.

 

2.Procedimentos durante a entrevista

                                                                Fonte:

 

1. Início com explicação da entrevista;

1.1. Esclarecimento do que pretende o entrevistador e do objectivo da entrevista;

1.2. Assegurar a confidencialidade do entrevistado e das suas respostas;

1.3. Ressaltar a necessidade da colaboração do entrevistado, sem tolhimento de qualquer ordem;

2. Criação de um ambiente agradável para a realização da entrevista;

            2.1. Verificar que o espaço/local da entrevista favorece a descontracção do entrevistado (temperatura, luz, móveis, …);

2.2. Manter uma distância audível entre o entrevistado e o entrevistador (1 a 2 metros);

2.3. Em casos de entrevista a um grupo, pode ser vantajoso subdividi-los em pequenos grupos;

2.4. Verificar se existem condições de privacidade do entrevistado;

2.5. Permitir que o entrevistado mantenha o controlo da entrevista;

3. Favorecimento das respostas pertencentes ao entrevistado;

3.1. Mostrar compreensão e simpatia pelo entrevistado;

3.2. Usar um tom informal, de conversa, mais do que de entrevista formal;

3.3. Apresentar a questão oralmente e por escrito (combinar as duas linguagens!);

3.4. Começar com questões fáceis de responder (para pôr o entrevistado à vontade);

3.5. Pedir ao entrevistado para dizer em voz alta o que está a pensar, o que pensou em fazer, se está com alguma dificuldade na resposta, …;

3.6. Evitar influenciar as respostas pela entoação ou destaque oral de palavras;

3.7. Pedir exemplos de situações, de pessoas ou de objectos que o auxiliem a exprimir-se;

3.8. Apresentar uma questão de cada vez;

3.9. Entrevistador explicita aceitação pelas opiniões do entrevistado (entrevista diferente de exame);

4. Registo de tudo o que o entrevistado diz!

4.1. Previamente, verificar suportes de registos (papel, fita, pilhas, captação do som, …);

4.2. Antes de iniciar a entrevista, pedir autorização ao entrevistado para fazer a gravação;

4.3. Registar com as mesmas palavras do entrevistado, evitando resumi-las;

4.4. Anotar, se possível, gestos e expressões do entrevistado;

5. Gestão do tempo de conversação;

5.1. Demorar até 25 minutos (?);

5.2. Parar antes do tempo previsto se o ambiente se tornar demasiado constrangedor;

6. Termine a entrevista como começou, num ambiente de cordialidade para que o entrevistador possa voltar (se necessário) e obter novos dados.

 


publicado por todosjuntosporumsorriso às 12:49
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Outubro de 2007

Primeiros procedimentos

  

Elaboramos a estrutura da rifa

  

  00006gdg

         

         Estas serão enumerados de 1 a 200, para que possamos obter o máximo de dinheiro para reverter os gastos feitos na compra dos prémios e dos materiais. O dinheiro restante será utilizado na compra de algo que faça falta à instituição.

         Os prémios serão:

         1º Prémio: Telemóvel

         2º Prémio: Saco de Viagem

         3º Prémio: Cabaz

 

 

 

 

 

 

Devido ao desconhecimento de ser proibido a venda rifas sem autorização, visto que esta so é legal pela Santa Casa de Misericórdia, fomos obrigados a cancelar a venda das rifas e a restituir o dinheiro das pessoas que contribuiram.

Desta forma iremos tentar angariar dinheiro  de outras formas possíveis e legais!

 

 

 

Elaboramos um folheto informativo para a angariação de bens alimentares e materiais para a associção " Terra dos Homens"

 

Escola Secundária/3 de Amarante

Área de Projecto

Tema “TERRA DOS HOMENS”

 

Somos alunos do 12ºano, estamos a desenvolver um projecto que consiste na ajuda da Associação “A Terra dos Homens”, em Amarante.

Esta instituição acolhe, principalmente, crianças vítimas de negligência.

 

Junte-se à nossa causa, tudo o que possa doar será bem-vindo. Deposite aqui bens como:

           

J    Materiais escolares;

J     Produtos alimentares;

J    Brinquedos;

J    Livros;

J    Roupa (não é o bem mais essencial)

J    Etc.

 

                       

                                    Contribua, seja solidário(a).

                                                       Obrigado(a)

 

 O professor responsável: Paulo Cerqueira

“Juntos por um Sorriso”

Daniela Coelho, Helena Magalhães,

Joana Teixeira, Pedro Magalhães

 12ºCSH1

 

 

 

 

 

 

 

Elaboramos um inquérito para a população afim de verificar os seus conhecimentos relativamente à associação

 

 

 

 

 

Decidimos fazer inquéritos à população afim de fazer uma pequena sondagem relativa à solidariedade amarantina, utilizando uma amostra de cerca 30 pessoas desde os mais jovens aos mais velhos. Para além disso, pretendemos informar as pessoas que desconhecem a existência da Associação na nossa terra.

 

 0002re6h

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Introdução

Somos um grupo de alunos da Escola Secundária/3 de Amarante.

Ao longo do ano lectivo pretendemos desenvolver um projecto relativamente a várias instituições de solidariedade, no primeiro período iremos abordar, mais promenorizadamente, a associação "Terra dos Homens", localizada em Amarante.

Os nossos principais objectivos no decorrer do primeiro período são :

-Sensibilizar a população para as necessidades das crianças;

-Divulgar a instituição para que não caia no esquecimento;

-Sensibilizar e alertar o Senhor Presidente da Câmara para os problemas estruturais da instituição;

-Obter o máximo de interajuda e cooperação da população visando a recolha de bens alimentares e materias, bem como apenas um gesto de carinho para com as crianças.

          No decorrer do restante ano lectivo, pretendemos auxiliar outras instituições e divulgá-las. Agora e sempre juntos por um SORRISO!

 

 

Motivos da escolha do tema a associação "Terra dos Homens":

        

No âmbito de Área de Projecto, escolhemos a instituição “Terra dos Homens”, como projecto futuro a desenvolver, neste primeiro período.

         O motivo da nossa escolha baseou-se, sobretudo, na possibilidade de poder ajudar a instituição. Para além das motivações emocionais que nos levaram à escolha deste tema, suscitou em nós o espírito de solidariedade e inter ajuda para que possámos intervir nos eventuais problemas.

Para além destas motivações, o nosso maior incentivo é a busca de um sorriso no rosto da nossa geração futura. Por estes motivos pretendemos auxiliar outras instituições como esta.

 

 

 

 

Ideias para que o projecto "Terra dos Homens" se concretize:

 

ü        Visitar a instituição;

ü        Relatório de todas as carências e necessidades encontradas;

ü        Divulgar o caso numa coluna informativa no Jornal Regional de Amarante bem como distribuir panfletos;

ü        Fazer uma entrevista ao Senhor Presidente da Câmara de Amarante;

ü        Fazer uma entrevista aos responsáveis da instituição;

ü        Colocar cabazes (para a recolha de produtos alimentares, roupas, brinquedos, livros, materiais escolares, etc.) na escola e em espaços públicos;

ü        Fazer inquéritos  à população relacionado com o conhecimento da existência da instituição na nossa cidade, bem como aquilo que necessitam e se já fizeram alguma visita à estrutura;

ü        Tentar angariar patrocínios;

ü        Fazer jogos didácticos para a diversão das crianças;

ü        Fazer um possível livro com o resultado final do nosso projecto;

ü        Propor solução para eventuais problemas.

 

Em relação às outras instituições, ao longo do ano lectivo, vamos formular um plano de trabalho. 

 

 


publicado por todosjuntosporumsorriso às 10:38
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16

18
20
21
22
23
24

25
26
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Fotos do Teatro

. É já amanha...

. O grande dia está aí à po...

. It´s show Time....

. É só acreditar.

. Estamos de volta......

. A História de um Recupera...

. ...

. Visita à instituição Cerc...

. ...

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub